Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Dezembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Últimos assuntos
» Produtos a Venda no Clube
Sex Out 02, 2015 7:20 pm por Robert Hebert

» Pablo Rafael Lins de Lima
Qui Set 24, 2015 9:00 pm por Pablo Lins

»  JOSE GERALDO DA SILVA -DA685
Qua Set 23, 2015 2:02 pm por CMCP

» Prazer Robert Araujo DA 187
Seg Set 21, 2015 10:10 am por CMCP

» PINTASSILGO BOLIVIANO O NEGRITO FRÁGIL
Sex Set 18, 2015 5:01 pm por CMCP

»  Coccidiose
Sex Set 18, 2015 4:52 pm por CMCP

» Pintassilgo Isabel e o seu Aparecimento na Natureza
Sex Set 18, 2015 4:51 pm por CMCP

» Pintassilgo Criação em Cativeiro
Sex Set 18, 2015 4:47 pm por CMCP

» Pintassilgo Pinheirinho
Sex Set 18, 2015 4:45 pm por CMCP


Pintassilgo Criação em Cativeiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pintassilgo Criação em Cativeiro

Mensagem por CMCP em Sex Set 18, 2015 4:47 pm

Pintassilgo Criação em Cativeiro

Descreverei resumidamente, a maneira como eu consigo a procriação do pintassilgo em cativeiro.

Por Cláudio José Marzotto
Revista SOC Associação Ornitológica Caixense 2008
Arquivo Editado Em 15 Abril 2010



INTRODUÇÃO
Os pintassilgos procriam na natureza nos meses de outubro a março. Já em cativeiro, devemos começar o planejamento de acasalamento ainda nos meses de agosto ou setembro.

1. SELEÇAO DO CASAL
A origem do pássaro é fundamental para se obter sucesso na criação. Deve-se sempre adquirir pássaros registrados junto ao Ibama, e anilhados com anilhas 2.4 invioláveis, as quais são conseguidas junto a criadores sérios.

2. PREPARAÇAO DO CASAL
A preparação é feita da seguinte maneira:
As fêmeas devem ficar em gaiolas individuais no período de agosto a março, começando a procriarem com maior intensidade no mês de outubro em diante.
Em agosto, começo a colocar o macho próximo à fêmea. Esta, quando está pronta para procriar, emite um sinal sonoro juntamente com o macho escolhido, ficando abrindo e fechando o bico, como se estivessem pedindo trato. A gaiola do macho fica ao lado da gaiola da fêmea.

3. PREPARAÇÃO DA GAIOLA
A gaiola deve ser do tipo Argentina, com divisórias, e com grades no fundo, para manter os pássaros longe das fezes. Devem ter o tamanho de 0,60 x 0,40 x 0,40.
O ninho é colocado na lateral, na parte mais alta da gaiola, e esta deve estar a uma altura de no mínimo 1,5 metros do solo.

4. PREPARAÇÃO DO NINHO
O ninho que deve ser utilizado é o de bucha (não utilize o ninho de corda, pois a fêmea vai desfiá-lo por inteiro). Coloque sempre em um canto da gaiola, um ninho de corda de cabeça para baixo, para que a fêmea possa desfiá-lo e utilizá-lo na construção do seu ninho verdadeiro.
Coloco por fora da gaiola, pedaços de juta, medindo 03 centímetros de comprimento. Esta juta deve ser adquirida no comércio e deve ser lavada bem para perder a oleosidade, e depois seca antes de oferecer a fêmea.
Quando a fêmea estiver com o ninho pronto, eu ofereço pedaços de algodão, em pequena quantidade. A fêmea dará o acabamento com ele.
Quando a fêmea começa a construção do ninho, é a hora do acasalamento.
Coloco o macho escolhido pela manhã, e retiro logo após a gala.
Há machos, mais veteranos, que eu consigo deixar junto com a fêmea. Devemos conhecer o estilo do macho, mas o mais viável é o de retirá-lo.
Há fêmeas, que quando novas, põem os ovos, e não os chocam. Aí é que entram em ação as canárias "ama seca". Devemos ter sempre nessa época, essas canárias comuns, pois as canárias aceitam e criam muito bem os pintassilgos.
As fêmeas de três anos ou mais, são as melhores para a criação.
Devemos camuflar o ninho com plantas artificiais. Vá a uma loja de R$ 1,99 e compre plantas plásticas, tipo samambaias e trepadeiras. Distribuir de tal maneira, que a fêmea fique um pouco escondida do lugar onde você mais transita.
A fêmea vai chocar, e devemos marcar o dia exato do choco. 12 dias após, em média, os filhotes nascem, e 15 dias mais, eles saem do ninho, e com 40 dias, eles já comem sozinhos. Então os separamos, colocando uma gaiola colada à gaiola mãe. Os machos, às vezes a fêmea, irão tratar os filhotes pela grade. Em poucos dias separamos em definitivo.
Os filhotes, ao nascerem, devem receber Pró-imuni baby durante os primeiros 07 dias. Após, usamos o coccidiostático.
O anilhamento deve ser feito entre o 6° e o 8° dia de vida.

5. ALIMENTAÇÃO
Para o período de criação: 10 kg de alpiste, 01 kg de perila branca, e 01 kg de coisa. A mistura é trocada só uma vez por semana, obrigando o pássaro a comer também o alpiste, que é essencial para a vida da ave.
Verdura: Raditi à vontade; Jiló 02x/semana; Maçã 02x/semana; Farinhada da Angercal 02x/semana; e Areia fina à vontade.
Quanto ao niger, eu dou na unha, mas só se o filhote não está alimentado.

6. SANIDADE
Os pintassilgos são aves que têm maior suscetibilidade a Coccidiose que outras aves. O nível de coccídea deve ser controlado, isto é, mantido baixo.
Todo pássaro é portador de coccídea.
Devemos usar constantemente um coccidiostático para manter sempre baixo esse nível.
Aminoácidos e vitaminas são essenciais para que essa doença seja controlada.
As gaiolas devem ser mantidas limpas, pois é através das fezes que a transmissão da doença é feita de uma ave para outra.

7. AMBIENTE
As gaiolas devem estar em um lugar bem ventilado e bem iluminado. O ideal é ter um exaustor para a renovação total do ar do criatório.

COMENTÁRIO FINAL:
Enfim, o pintassilgo é o pássaro que mais desperta interesse a nível Mundial.
Os europeus criam os "nossos" pintassilgos. Por que não façamos o mesmo?
avatar
CMCP
Presidente
Presidente

Mensagens : 41
Data de inscrição : 14/09/2015
Idade : 42

http://cmcpda.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum